O que dói mais: Nascimento de uma criança ou um pontapé nas bolas? Respostas da Ciência.

Em resposta a esse debate que teve na aula de saúde do 8º ano que terminou abruptamente porque não havia quase café ou cigarros suficientes na sala dos professores para aturar essa porcaria, e na verdade, Jesus Cristo, a Ciência tem tentado responder o mais rápido possível a quem tem pior: mulheres no nascimento de crianças, ou homens que foram chutados no lixo.

Vídeo recente
p> Este navegador não suporta o elemento vídeo.>/div>

OK, por isso este é difícil, porque não existe uma verdadeira unidade mensurável de “dor”, apesar do folclore da Internet sobre o assunto. A dor é realmente recebida pelos neurónios sensoriais chamados nociceptores, que enviam sinais nervosos para a coluna vertebral ou cérebro. Podem disparar dor baça, doentia, ou aguda, OH DEUS AJUDA (resposta-indutora de dor). Para os testículos, que estão podres com as coisas devido à sua importância, essa dor aguda é agravada pelo facto de os nociceptores estarem ligados ao estômago e ao centro de vómitos do cérebro. Portanto, isso dói.

Para as mulheres, não é realmente melhor. O útero também está revestido com cargas de nociceptores que provocam dor, e estão sob coacção durante horas de cada vez durante o parto. E depois há a náusea, fadiga, e “alongamento” (e o rasgamento e o cocó involuntário, e…).

G/O Media pode receber uma comissão

Advertisement

p>P>Posto que a dor é subjectiva, e não realmente mensurável, o debate é chamado de empate. A dor é diferente para pessoas diferentes. Embora, uma humilde opinião dissidente possa parecer algo parecido: CALAR PARA SEMPRE CALAR OBVIAMENTE O NASCIMENTO DE UMA CRIANÇA É PIOR CALAR A BOCA. Pelo menos até à próxima vez que se vê o ponto alto de um árbitro a levar uma bola rápida para a virilha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *